O encontro entre Ana Cañas e Hyldon será entre a dona da voz feminina na famosa canção “Pra Você Guardei o Amor”, gravada com Nando Reis, e instrumentista de muita personalidade e que vem desenvolvendo um trabalho na música brasileira há bastante tempo, com seu mestre Hyldon, uma de suas grandes influências na carreira, que aliás inspirou grandes nomes de diferentes estilos da cena brasileira, como Jota Quest.

Ao lado de Tim Maia e Cassiano, Hyldon foi responsável pela trilogia da soul music brasileira e teve papel fundamental em grandes sucessos, como “Na Rua Na Chuva Na Fazenda”, composta por ele.

Para Zé Ricardo, diretor artístico do Palco Sunset, neste show o público verá um encontro que misturará o soul de Hyldon com o folk de Ana Cañas, mas sem dúvida com toda a jovialidade compartilhada pelo som de ambos. “O Hyldon é uma inspiração para o mundo da música. Nunca parou de compor, de tocar. Segue fazendo seu trabalho com muita verdade, com muita forma. Sua participação com a Ana está dentro do conceito de trazer um mestre junto com um artista. Será uma a apresentação sem dúvida inspiradora”, afirma. 

Sobre Ana Cañas

Ana Cañas lançou seu primeiro álbum “Amor e Caos” em 2007, com influências de jazz e MPB. O toque rock veio no seu segundo álbum “Hein?”, que contou com a participação de Gilberto Gil e Arnaldo Antunes. Nesse disco está o maior sucesso de Ana até agora, o hit “Esconderijo”, que integrou a trilha sonora da novela “Viver a Vida”. Nando Reis foi um dos artistas que se encantou pela artista e fez um dueto com ela na canção “Pra Você Guardei o Amor”, tema de novela e sucesso no Youtube, com mais de 30 milhões de views. Seu terceiro disco, “Volta”, foi  lançado em 2012 e gravado inteiramente ao vivo. O trabalho mais recente da artista é o disco “Tô na Vida”, lançado em 2015, o quarto da carreira de Ana e considerado pela crítica como o melhor da cantora.

Sobre Hyldon

Hyldon é um dos grandes representantes da MPB e seu mais recente álbum “As Coisas Simples da Vida” foi eleito em 2016 um dos 25 melhores álbuns nacionais de 2016 pela revista Rolling Stone. Sua popularidade foi muito grande nos anos 70 por conta de seu maior e também primeiro álbum de sucesso, “Na Rua, na Chuva, na Fazenda (Casinha de Sapê)”. Em 2000 passou a fazer lançamentos independentes com seu próprio selo. O álbum seguinte, “Soul Brasileiro”, de 2009, tem participações de Carlinhos Brown, Chico Buarque, Zeca Baleiro e Frejat, entre outros artistas. No ano seguinte, Hyldon gravou seu primeiro CD e DVD ao vivo com uma série de shows comemorando seus 35 anos de carreira com participações de diversos artistas, misturando a nova e a velha geração da música negra brasileira.