Por Elis Brasil

Nos últimos dias recebemos e-mails das mais diferentes empresas informando sobre atualizações nas Políticas de Privacidade e mudanças nos Termos de Uso. Esses comunicados estão relacionados à nova lei da União Europeia que protege a privacidade dos dados de cidadãos europeus, que acabou por ultrapassar as fronteiras do velho continente.

A General Data Protection Regulation (GDPR), foi aprovada em 2016 pelo Parlamento Europeu e estipulou um prazo de dois anos para que as empresas que oferecem serviços em países que pertencem à União Europeia se adequassem. Isso mostra que a preocupação com a privacidade dos dados de residentes da região aconteceu muito antes do escândalo da Cambridge Analytica.

Em termos gerais, a proposta principal da GDPR é que o indivíduo saiba, com clareza, quais informações ele fornece aos serviços de que usufrui. As exigências atingem organizações que ofereçam bens ou serviços que coletem dados pessoais de residentes da comunidade europeia, independentemente de onde elas estejam baseadas. E a empresa que não cumprir a lei estará sujeita a pagar uma multa que pode chegar até 4% de seu faturamento anual.

Pois bem, a legislação já começou a valer desde o primeiro minuto do dia 25 de maio e, durante esses dois anos, as empresas correram contra o tempo para desenvolver novas políticas e maneiras de informar melhor aos usuários sobre seus direitos. E muitas delas optaram por adotar as diretrizes da GDPR em todos os países em que têm atuação. Google e Apple, por exemplo, estão estendendo requisitos da legislação para todos os seus usuários, além da cadeia de valor, incluindo empresas que oferecem aplicativos em suas lojas, que precisam estar preparadas para cumprir com todos ou alguns requisitos da GDPR.

Por que é importante estar por dentro desse assunto?

A GDPR também impacta diretamente na publicidade digital das marcas, já que as empresas precisarão definir com transparência de que maneira estão coletando dados dos seus clientes e de que forma eles serão utilizados. Uma das principais formas de fundamentar o uso de dados, de acordo com a legislação, é o consentimento do usuário, por isso, a estratégia de anúncios online já deverá levar esse fator em consideração.

No e-mail marketing, também é necessário ser transparente em relação ao uso de dados. Uma das principais mudanças será na captura de novos assinantes, pois ficarão limitados o uso de pop-ups e formulários, a maneira como os leads são usados e a forma de obter permissão dos assinantes. É preciso checar se a plataforma escolhida para criar esse tipo de conteúdo oferece opções que estão de acordo com a legislação.

Listamos algumas mudanças a serem seguidas nesse tipo de serviço:

  • No campo destinado para cadastro, é preciso estar claro que tipo de conteúdo o usuário irá receber. Então, o ideal é abranger, de maneira atraente, todos os diferentes tipos de conteúdo que poderão ser enviados por e-mail.
  • É imprescindível configurar o botão de double opt-in. Assim, quando a pessoa se cadastrar em uma lista, ela irá receber por e-mail um consentimento de validação, que deverá ter no texto as políticas de uso e privacidade da empresa.
  • Crie campos de decisão para os usuários. Ofereça opções para seus leads marcarem caso queiram continuar recebendo ou não e-mails, ou para que possam definir as áreas que possuem interesse. Assim como para que possam determinar em que momentos seus dados podem ser usados.

É preciso ter em mente que essa nova legislação protege o direito dos consumidores de conhecimento sobre o uso de seus dados. Quanto mais clara a empresa for em relação a esse campo, melhor.

Para ficar por dentro dos principais detalhes dessa nova legislação recomendamos as seguintes leituras:

Meio e Mensagem - Anunciantes e agências se preparam para a GDPR

Facebook - O que é o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD)?

CNN - Facebook will push privacy alert to users outside EU ahead of GDPR

The Guardian - What is GDPR and how will it affect you?

Swat.io - We interviewed 3 GDPR experts and this is what they recommend you