Sepultura chega ao Rock in Rio em meio à sua turnê mundial de lançamento de 14º álbum de estúdio “Machine Messiah”. A apresentação inclui também o baixista Paulo Jr. e o baterista Eloy Casagrande. O trash metal de Sepultura no Palco Sunset vem com toda sua estrutura de show, assim como aconteceu com Joss Stone, The Offspring e John Legend, em edições anteriores.

A exemplo do que já fez nas edições de 1991 e 2013, o público vai à loucura com seu som pesado de metal, liderado pelo guitarrista Andreas Kisser e o vocalista americano Derrick Green.

“Refuse, Resist”, “Territorry”, “Roots Bloody Roots”, “Arise” e “Troops of Doom” são algumas das músicas que o público deve vai ouvir no Sunset. Todas ocupam os primeiros cinco lugares das músicas mais tocadas pelo Sepultura em seus shows.

Sobre Sepultura

A banda começou em 1984, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Desde então, mais de 20 milhões de discos foram vendidos e a banda sobreviveu a rupturas importantes, como a saída de integrantes originais como os irmãos Cavalera (Max, em 1997, e Igor, em 2006).  Nada disso, no entanto, foi impedimento para que a banda e seus discos fossem incluídos nas listas de melhores do mundo e conquistasse fãs no mundo inteiro. Nas redes sociais, quase 4 milhões curtem a página do Sepultura no Facebook.

Em 2014, por exemplo, ela entrou na lista das "10 melhores bandas de trash metal" do site Westword.com. Seus quatro discos consecutivos, lançados entre 1989 e 1996, “Beneath the Remains”, “Arise”, “Chaos A.D” e “Roots”, foram considerados os melhores de todos os tempos em seis sites especializados em metal. Todos ganharam também 4,5 estrelas (em 5) no renomado site All Music.

Entre prêmios e nomeações, o Sepultura venceu o MTV Video Music Awards nos anos de 1991, com a música “Orgasmatrom”, e em 1994, com “Territory”. Segundo a Briotish Phonographic Industry (BPI), a banda é detentora de dois discos de ouros no Reino Unido e dois nos EUA.