Com mais de 20 anos de estrada, a Banda Tudo Pelos Ares é uma banda de rock autoral brasileira com composições críticas e irreverentes, influenciada pelo Rock Clássico dos anos 70.

A banda foi formada em São Paulo em 1993 e desde então busca manter sua identidade própria, porém sempre aberta a novas sonoridades. Em 1995, a “Tudo Pelos Ares” gravou o compacto “Corrida Suja”. Nesse mesmo ano realizou o show de abertura da banda Golpe de Estado, durante o aniversário da cidade de Santo André (SP). No ano seguinte, o clip de “Corrida Suja” foi veiculado na programação da MTV, no quadro Demo MTV.

O ano de 1996 foi marcado por mudanças na trajetória da banda, inclusive de cidade, quando a “Tudo Pelos Ares" saiu de São Paulo para Manaus (AM) e passou por uma renovação em sua formação. Foi nesse ano que, por meio do projeto “Regatão Cultural”, promovido pela Prefeitura de Manaus, a banda gravou seu primeiro CD o “Senta-a-Pua”.

Já no Norte do país, a Tudo Pelos Ares participou de festivais como “Grito Rock Boa Vista” (RR), “Grito Rock Pacaraima” (RR), “Até o Tucupi” (AM), “Festival Amazonas de Música” (AM), “Projeto Riffs Desplugados” (AM) , “Festival Tomarock” (RR), além da abertura do show das bandas Plebe Rude e Nação Zumbi, no Festival Amazonas de Rock , Festival Caça Bandas, em Brasília, e três edições do Vinil Rock Live, em Manaus.  

A “Tudo Pelos Ares” tem participações em CDs coletâneas do Festival Caça a Bandas (Brasília) e do Festival Amazonas de Musica. Entre os principais sucessos gravados pela banda estão “Deixa eu colocar”, “Quem”, “Futebol, Samba e Rock n’ Roll”, “Insaciável” e “Ouro Negro”.

Atualmente, a banda trabalha na produção do seu mais novo Cd, ainda sem título, gravando dez músicas inéditas e prepara também o lançamento do videoclipe da música “Insaciável”.  A formação atual da banda é Eduardo Molotievscki (vocal e guitarra), Marcelo Lima (vocal e contra-baixo), Marcelo Neves (vocal e guitarra) e Rubem Junior (vocal e bateria).