Matriz de materialidade: o que é, por que fazer e como construir

A Matriz de materialidade proporciona uma visão completa e holística dos impactos organizacionais de uma empresa. Saiba mais!
Reunião de trabalho para discutir a Matriz de Materialidade.

A matriz de materialidade surge como um instrumento essencial para empresas que buscam alinhar suas estratégias ao desenvolvimento sustentável, proporcionando uma visão mais completa e holística dos impactos organizacionais. 

Este artigo guiará você através do conceito de materialidade, a importância da matriz de materialidade, como construí-la, e como a Approach pode auxiliar sua empresa nesse percurso. Convidamos você a explorar esse tema e conhecer nossos serviços relacionados.

O que é a matriz de materialidade?

A matriz de materialidade representa um passo evolutivo na compreensão e aplicação do conceito de materialidade no âmbito corporativo. Tradicionalmente, a materialidade, conforme delineada pela Global Reporting Initiative (GRI), marca o início de qualquer processo de relatório, espelhando os impactos provocados pelas atividades empresariais e norteando tanto a gestão (elaboração de estratégias, metas e indicadores de desempenho) da sustentabilidade quanto a comunicação com as partes interessadas.

Ilustração sobre a Matriz de Materialidade.

O termo materialidade tem suas raízes na administração, onde é usado para referir-se a qualquer assunto que, se mal interpretado ou omitido, pode influenciar negativamente as decisões de investidores e gestores. Este entendimento é também conhecido como materialidade financeira. Contudo, a moderna visão de negócios reconhece que esta abordagem é limitada. Torna-se imperativo considerar os impactos que as operações corporativas têm na sociedade, economia, ambiente e nos direitos humanos.

Aqui, a noção de dupla materialidade surge, entrelaçando a materialidade financeira com a  de impacto, proporcionando uma apreciação mais holística dos efeitos, benéficos ou prejudiciais, que uma organização exerce sobre o mundo.

A matriz de materialidade, portanto, se apresenta como uma inovação instrumental que assiste as companhias na identificação e priorização dos temas materiais. Esta ferramenta visual facilita não apenas a comunicação eficaz com os stakeholders, mas também a incorporação desses temas críticos nas estratégias empresariais, ampliando o escopo da materialidade além das fronteiras financeiras, abrangendo uma variedade de impactos significativos que transcendem o ambiente corporativo imediato.

Para saber mais sobre o conceito de materialidade, indicamos nosso e-book sobre o assunto. Materialidade: o primeiro passo da jornada ESG.

Por que fazer a matriz de materialidade?

A elaboração de uma matriz de materialidade não é apenas uma boa prática de gestão, mas também um passo vital para a sustentabilidade empresarial.

Alinhamento estratégico

A matriz de materialidade atua como uma bússola que guia as estratégias empresariais em direção ao alinhamento com as expectativas e necessidades dos stakeholders. Este alinhamento é crucial para operar de maneira responsável e sustentável, pois facilita a incorporação de práticas éticas e de sustentabilidade nos planos de negócio da empresa. Além disso, contribui para a construção de relações sólidas e de confiança com todos os envolvidos, criando um ambiente favorável ao crescimento sustentável.

Comunicação eficaz

A matriz de materialidade é um canal que facilita a comunicação transparente entre a empresa e seus stakeholders. Ao visualizar claramente os temas materiais, as partes interessadas podem entender melhor as prioridades da empresa e suas áreas de foco. Este nível de transparência promove a confiança, o que é vital para construir e manter relações duradouras com os stakeholders.

Identificação de riscos e oportunidades

Utilizando a matriz de materialidade, as empresas podem identificar e priorizar temas materiais, o que, por sua vez, ajuda na identificação de riscos e oportunidades. Esta análise pode revelar áreas de melhoria, potenciais ameaças e oportunidades para inovação, permitindo que a empresa tome decisões mais informadas e proativas.

Como construir uma matriz de materialidade?

A construção de uma matriz de materialidade é um processo meticuloso que exige um compromisso sério com a pesquisa e a comunicação.

Identificação dos temas materiais

Identificar os temas materiais é o primeiro passo crucial na construção de uma matriz de materialidade. Isso envolve um entendimento profundo das operações da empresa, do setor em que opera e das expectativas e necessidades dos stakeholders. O engajamento com as partes interessadas pode proporcionar insights valiosos sobre os temas que são materialmente importantes.

Priorização

Uma vez identificados os temas materiais, a etapa seguinte é a priorização destes com base no seu potencial impacto nos negócios e na sociedade. Este processo pode envolver a avaliação da relevância, urgência e magnitude dos impactos associados a cada tema, permitindo uma alocação de recursos mais eficaz.

Validação

A validação da matriz com as partes interessadas é uma etapa crucial para garantir que os temas materiais selecionados estejam alinhados com as expectativas e interesses mútuos. Esta validação pode envolver revisões iterativas e feedback dos lados envolvidos, assegurando que a matriz de materialidade seja um reflexo preciso e consensual dos temas críticos para a organização e seus stakeholders.

Implementação e monitoramento

Após a validação, a implementação e o monitoramento contínuo da matriz de materialidade são essenciais para garantir que ela continue relevante e eficaz na orientação das estratégias de sustentabilidade e comunicação da empresa. Esta fase pode envolver a integração dos temas materiais nas operações diárias e estratégias de longo prazo da empresa, bem como o estabelecimento de métricas e indicadores de desempenho para monitorar o progresso ao longo do tempo.

Como a Approach pode auxiliar você e sua empresa?

Neste artigo, enfatizamos a importância da matriz de materialidade como uma ferramenta crucial para alinhar as estratégias corporativas às expectativas e necessidades dos stakeholders, promovendo uma gestão mais responsável e sustentável. 

É neste contexto que a Approach, por meio da Juntos – unidade de negócios da Approach especializada em Sustentabilidade –, se destaca como um parceiro valioso. Nosso know-how é direcionado para desenvolver estratégias de ESG personalizadas, assegurando que sua organização atenda não apenas aos padrões de responsabilidade corporativa, mas também se destaque no mercado.

Com a Approach, o compromisso da sua empresa com a materialidade vai além do convencional. Facilitamos diálogos, fortalecemos relações e moldamos percepções, tudo enquanto ajudamos a integrar a matriz de materialidade no cerne da sua estratégia empresarial. Pronto para levar a gestão de materialidade da sua empresa ao próximo nível? Entre em contato conosco e descubra como podemos contribuir para este avanço!

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro dos conteúdos assinando nossa newsletter.